Um ano depois, melhor do que nunca

O Miguel é o meu primeiro namorado e portanto houve muita coisa que foi complicada no início (expliquei uma parte disso aqui). Os primeiros 6 meses foram os mais difíceis e, depois de quase termos acabado para sempre, acabámos por ir começando a trabalhar pequenas coisas, uma cedência minha aqui, uma cedência dele ali. Um ano depois a nossa relação não tem nada a ver com o caos em que estava no ano passado. Fez sexta-feira um ano que achámos que a nossa relação tinha chegado ao fim. Na altura, foi horrível. Mas a verdade é que a nossa relação estava a ser altamente desgastante para os dois. Não conseguíamos encontrar um equilíbrio. Estávamos sempre a discutir. Estávamos sempre chateados. Estávamos sempre tristes por causa um do outro. Em vez de sermos o sol na vida um do outro, éramos a chuva torrencial que se faz sentir por estes dias. Menos de 48 horas depois, não achámos que tinha sido uma parvoíce, nem achámos que estava tudo bem. Porém, achámos que nunca iríamos aprender a estar bem numa relação, se ao invés de tentar resolver as coisas, nos limitássemos a afastarmo-nos um do outro. Os primeiros dias foram estranhos, porque era […]

Continue Reading

Monstros fantásticos e onde encontrá-los – vale a pena ir ver?

monstros-fantasticos-onde-encontra-los

No fim de semana fui ao cinema com o Miguel. Fomos ver os Monstros Fantásticos e onde encontrá-los. No dia 18 fizemos 18 meses e depois de passarmos o dia com o novo cão do Miguel, o bacon, fomos ver o novo filme da saga Harry Potter. Foi a primeira vez que fomos ao cinema os dois e apesar de alguns momentos menos agradáveis entre os dois, adorei. Há muito tempo que queria ir ao cinema com o Miguel, chegámos a ver os filmes que existiam algumas vezes. Mas durante um ano e meio, por diversas razões, não se proporcionou. Ambos gostamos de cinema (o Miguel adora) e, sendo algo, até romântico era quase estranho nunca termos ido os dois. Não planeámos de propósito para ir nesta altura. Pura e simplesmente havia um filme que o Miguel queria ver, eu achei que podia ser giro e fomos. Honestamente, não tinha uma expectativa muito elevada. Já tinha visto algumas críticas menos boas do filme e achei que ia ser mais um daqueles filmes cheios de monstro. Como eu não sou grande apreciadora do estilo “fantástico” e de “ficção científica”, não estava muito entusiasmada com o filme em si. Pois é, surpreendi-me. […]

Continue Reading

O blog atingiu as 5000 visualizações

obrigada pelas 500 views

Pois é. Um mês e 19 dias depois o blog atingiu as 5000 views. Para comemorar fiz um vídeo para o youtube com a apresentação do meu canal. Honestamente ainda não sei bem a direcção que ele vai tomar, nem o blog, nem o canal. Para mim um blog é uma peça de arte em constante construção. Quero encontrar a combinação certa daquilo que gosto de escrever e que as pessoas gostem de ler. Por isso vou fazendo experiências. Vou postando coisas diferentes. Vou pesquisando mais informação. Procuro ir melhorando. Tento perceber como organizar-me melhor. Como escrever melhores conteúdos. Mas em última instância, este é um projecto meu. E é suposto ter prazer em construí-lo. Deixo-vos o vídeo do youtube e o top 5 dos artigos mais lidos (abaixo). Vou-vos deixar aqui o top 5 dos posts mais lidos até agora:  1. Como comecei a viver sozinha parte 1 (podes reler aqui)     2. Namorar depois dos meus pais morrer (volta a ver como foi aqui)   3. Afinal quem está em casa, a introdução do blog (se ainda não leste, lê aqui) 4. Como comecei a viver sozinha parte 2 ou Como acabei a viver com a minha gata […]

Continue Reading

Christmas blues ou quando o natal não é sinónimo de alegria

Christmas blues - fazer a árvore de natal sozinha

Há o blues pós-parto e para mim há o christmas blues. Sim, é um nome fancy, mas já que resulta em tristeza, deixem-me ter a alegria de lhe poder dar um nome fancy. Sei que não sou a única no mundo, infelizmente. Por isso decidi fazer um post para vos falar mais desta experiência (nada positiva) que tenho ano após ano por volta de Novembro e Dezembro. NOTA: Este artigo não tem qualquer tipo de base científica. Não sei se existe realmente alguma coisa chamada Christmas Blues (à parte do anúncio da lotaria espanhola que encontrei quando estava a fazer o post). SEGUNDA NOTA: afinal existem mesmo alguns artigos sobre isto, alguns até parecem mais ou menos credível (deixo-vos este do WebMD, algo mais credível que podem consultar se estiverem interessados no tema) Mas afinal o que é isso de Christmas blues? Christmas blues ou depressão natalícia é uma tristeza que bate forte cá dentro por volta de Novembro/Dezembro. Tende a ser despoletada cerca de um mês antes do Natal, quando as ruas se enchem de luzes e as televisões de famílias sorridentes e felizes. Afecta pessoas que vivem sozinhas (check), que têm situações familiares complicadas (check) ou que perderam […]

Continue Reading

8 dicas para poupar quando viajas sozinho

Estamos na minha época favorita para viajar na Europa! De Novembro a Fevereiro as condições meteorológicas podem não ser as melhores, mas os vôos baratos e o ambiente natalício pela Europa permitem viagens inesquecíveis. Para além disso, graças ao aquecimento global podem apanhar sol em Londres em Janeiro e chuvas torrenciais em Setembro em Paris (ambas me aconteceram). Já fiz pelo menos 4 ou 5 viagens na Europa nesta altura do ano e acho que é mesmo de aproveitar. Por isso deixo algumas dicas para pessoas que querem viajar sozinhas e aproveitar o que o Inverno tem para nos dar.A viajar  as principais despesas são a viagem, o alojamento, a comida, entradas em museus e souvenirs/compras. Leiam as dicas a baixo para saberem como podem poupar nisto tudo. 1. Compara BEM os preços dos voos Compara os preços dos voos num motor como o momondo que compara os preços de várias companhias aéreas num só lugar. Recentemente têm o google flights, para acederem basta pesquisarem “flight to” qualquer sítio e depois aparece-vos um painel onde aparece imensa coisa, podem inclusive definir um valor e ele apresenta-vos sugestões. Acho que é giro para ter ideias, não é o melhor em termos de […]

Continue Reading

A psicologia da vitória de Trump

psicologia donald trump

Hoje estou de volta com um post diferente do habitual, vou-vos falar do tema mais quente da última semana: a vitória de Donald Trump. Foi na quarta-feira que ficámos a conhecer quem seria o próximo presidente dos Estados Unidos. Eu estudo Psicologia Social e das Organizações e no último ano fiz um trabalho para uma unidade curricular sobre a campanha de Donald Trump. Era uma cadeira de influência social, sobre a maneira como as pessoas influenciam o comportamento umas das outras e tínhamos que fazer um trabalho sobre uma campanha. Escolhi logo trabalhar sobre uma campanha política e achei interessante pegar na campanha do Donald Trump, um personagem que se estava a candidatar à presidência. Quando comecei a escrever o trabalho, ninguém acreditava que ele chegaria sequer a ser nomeado pelo partido Republicano. O meu trabalho termina no momento exacto em que se soube que Trump era o candidato presumível do Partido Republicano. 7 meses depois Trump será o próximo presidente dos Estados Unidos da América. Quando fiz este trabalho, o meu interesse era perceber os processos psicológicos que estavam por trás do fenómeno Trump. Grande parte deles, mantiveram-se na segunda parte da corrida. Porém, uma das grandes mais valias era o […]

Continue Reading

Hoje não há post

Pois é, hoje estou cansada e adoentada e por isso não vai haver post. Ainda assim não quis deixar de vos avisar e não quis passar o dia sem deixar um post no blog. Na última semana, tenho-me desleixado un pouco com o blog e as redes sociais do blog. Queria pedir desculpa a todos os que me acompanham. Este fim de semana conto voltar a ganhar mais forças e a conseguir organizar as minhas ideias para voltar em força. Isto acontece-me algumas vezes. Sou péssima a gerir o esforço. Meto-me em demasiadas actividades e depois fico assim cansada, exausta, abatida, sem forças. Tenho as ideias, não tenho é energias para as executar e nestes momentos é importante saber parar e passar a ter alguns posta já escritos pata estes momentos. Quando estava a estudar e ficava assim tirava 2 ou 3 dias para descansar, sem ir às aulas, sem fazer nada e recompunha-me agora isso já não é possível e por isso ainda estou a tentar encontrar formas de manter com regularidade os meus níveis de energia mais elevados. Vou então ver-se recupero energias e ânimo para voltar no sábado aos posts em alta. Follow @mafaldafam

Continue Reading

Quando o medo de falhar nos faz falhar

fear of failure

Há pessoas que lidam bem com as falhas, há pessoas que não as suportam. Quando falho consigo fazer disso uma aprendizagem, mas há certas situações em que tenho tanto medo de falhar que se torna quase certo que vou falhar. O problema com o medo de falhar é que quanto mais medo se tem de falhar, mais certo é que se falhe. Longe de mim dizer que quem não tem medo de falhar não falhe, falham na mesma. Mas enquanto não se falha, não se aprende e enquanto não se aprende não se consegue parar de falhar. Isto aconteceu-me no início do estágio. Era mesmo importante para mim ser capaz de fazer as coisas bem que acabava por não conseguir fazer nada bem. Tinha tanto medo de errar que demorava imenso tempo a fazer qualquer coisa. Demorava demasiado a verificar com alguém o que já tinha feito. E pronto um mês de desastre. Entretanto lá percebi e lá eles compreenderam que eu era estagiária e que ainda estava a estudar. E que era suposto não saber as coisas. Aqui, como em tantos sítios as pessoas andam sempre a correr e muitas vezes não sabem bem o que pretendem obter quando […]

Continue Reading

Antes de ir: cuidados a ter quando vais estar fora

malas prontas, antes de ir para fora

Estamos numa época de feriados e fins de semana grandes. Com voos baratos e as cidades todas a encherem-se de luzes e mercados é uma óptima altura do ano para fazer uma escapadinha. Mas se a casa vai ficar “vazia” há alguns cuidados que devemos ter com a casa antes de ir para fora para garantir que quando voltarmos encontramos a nossa casinha como a deixámos. Para além dos cuidados, há algumas dicas que vos vou deixar sobre como fazer com que o regresso seja menos desgostoso. Algumas destas coisas, como fechar a água e o gás, faço sempre. Outras, como deixar tudo limpo e arrumado, nem sempre consigo fazer. Dica número 1: Deixar tudo limpo e arrumado O primeiro cuidado a ter com a casa antes de ir para fora é deixar tudo limpo e arrumado. Se for por uma semana ou mais costumo fazer uma limpeza maior antes de ir. Mas mesmo que vá apenas por uns dias, tento sempre deixar a loiça lavada e as coisas arrumadas. Evito deixar coisas espalhadas no chão ou roupa lavada por arrumar. Dependendo do tempo que eu tenha ou do meu cansaço, isto pode não acontecer. Mas sabe muito melhor chegar a uma […]

Continue Reading

Entrevista com o meu namorado – parte 2

Entrevista com o meu namorado

Porquê uma entrevista com o meu namorado? Para celebrar o primeiro mês do blog eu pedi aos meus leitores que me fizessem algumas perguntas para responder no blog. Infelizmente ninguém fez nenhuma pergunta. Já o meu namorado tinha não uma, mas várias perguntas que me queria fazer: umas mais pessoais, outras mais gerais. Tinha duas opções. Uma era pensar em coisas que as pessoas me tinham perguntado ao longo deste mês e fazer um post com as respostas. A outra era pedir ao meu namorado que me entrevistasse. Como sabem, optei pela segunda. Aproveitámos o feriado para filmar (e editar) o vídeo. A entrevista ficou muito mais longa do que eu estava à espera e por isso tive que dividi-la em dois episódios. A entrevista Foi muito divertido filmar a entrevista. Como o meu namorado vive no campo, fomos obrigados a parar a entrevista algumas vezes por causa das galinhas e dos galos. Para além disso, o cenário ficou incrível. Foi muito bom que as perguntas fossem feitas por ele, até porque ele tem acompanhado o blog desde o Verão. Para além disso, foi uma óptima forma de fazermos algo juntos na terça-feira. Como devem ter percebido ele tem imensa […]

Continue Reading