O stress que os livros de desenvolvimento pessoal me dão

vive-os-teus-sonhos

Tempo de leitura:2 minutosUm dos meus estilos de leitura preferidos, especialmente desde que atingi a maioridade, são os da secção de desenvolvimento pessoal, que frequentemente aparecem algures entre as prateleiras de psicologia e esoterismo (isto quando não estão todos na secção de esoterismo – poderia escrever um post inteiro sobre os nervos que isto me dá). Já li muitos. […]

A vida não nos vai compensar os momentos maus com facilidades

Tempo de leitura:3 minutosQuando a vida é dura connosco, temos o direito de ficar tristes, de chorar, de não gostar, de reclamar e até de nos vitimizar-mos. Foi-nos sempre dito que merecemos tudo. Que se formos bons estudantes, bons cidadãos, bons filhos, bons amigos, a vida nos vai correr bem, vamos ser felizes, bem sucedidos e ter uma […]

Leituras de Verão: o Diagrama de Venn

review o diagrama de zenn

Tempo de leitura:3 minutosQuando compramos um livro algo nos atrai para ele. Não sabemos bem o quê. Vemos a capa. Lemos o resumo, às vezes alguns excertos (quando era pequena costumava ler a última frase), mas a verdade é que não sabemos como vai ser. Por vezes, entusiasmamo-nos e quando começamos a ler temos uma grande desilusão. Outras […]

8 anos sem mãe

8 anos sem a minha mãe

Tempo de leitura:3 minutosQuando alguém morre costuma-se dizer que o tempo cura tudo. É verdade que com o passar do tempo, a dor se transforma mas não desaparece. Especialmente porque o que perdemos não vamos voltar a ter e por isso não há cura possível. Com o passar dos meses e sobretudo dos anos, a dor deixa de nos […]

Viver a vida que nos faz sentido (e não a que faz sentido ao resto das pessoas)

Tempo de leitura:3 minutosAcho que é importante colocarmo-nos em alguns momentos fora da nossa zona de conforto. Mas para sermos capazes de sair da nossa zona de conforto é necessário termos uma. Depois de 2 ou 3 anos a colocar-me constantemente fora da zona de conforto, já não tinha uma. Vivia numa mudança constante e acabava por não […]