Antes de ir: cuidados a ter quando vais estar fora

malas prontas, antes de ir para fora
Tempo de leitura:4 minutos

Estamos numa época de feriados e fins de semana grandes. Com voos baratos e as cidades todas a encherem-se de luzes e mercados é uma óptima altura do ano para fazer uma escapadinha. Mas se a casa vai ficar “vazia” há alguns cuidados que devemos ter com a casa antes de ir para fora para garantir que quando voltarmos encontramos a nossa casinha como a deixámos. Para além dos cuidados, há algumas dicas que vos vou deixar sobre como fazer com que o regresso seja menos desgostoso.

Algumas destas coisas, como fechar a água e o gás, faço sempre. Outras, como deixar tudo limpo e arrumado, nem sempre consigo fazer.

Dica número 1: Deixar tudo limpo e arrumado

O primeiro cuidado a ter com a casa antes de ir para fora é deixar tudo limpo e arrumado. Se for por uma semana ou mais costumo fazer uma limpeza maior antes de ir. Mas mesmo que vá apenas por uns dias, tento sempre deixar a loiça lavada e as coisas arrumadas. Evito deixar coisas espalhadas no chão ou roupa lavada por arrumar. Dependendo do tempo que eu tenha ou do meu cansaço, isto pode não acontecer. Mas sabe muito melhor chegar a uma casa limpa e arrumada, do que ter a sensação que chegámos a uma banca da feira.

deixar a loiça lavada antes de ir para fora

Dica-extra: uma coisa que ADORO é deixar a cama feita de lavado. Eu adoro dormir numa cama com os lençóis lavados e bem cheirosos. Na primeira noite, custa sempre um bocado voltar a uma casa vazia. Dormir numa cama feita de lavado, especialmente se for com os meus lençóis preferidos, é espectacular.

Dica número 2: trancar a porta, desligar a água e o gás.

Quando saio de caso deixo sempre a água e o gás desligados para evitar que existam fugas de gás ou perdas de água enquanto estou fora. Tranco sempre a porta com o máximo de trancas (não sei como explicar isto). Uma coisa importante, se tiverem o frigorífico ligado, é NÃO cortarem a luz, se o fizerem o frigorífico vai se descongelar e a comida vai-se estragar toda. Como a maior parte das minhas tomadas têm ON/OFF, desligo as todas. Desligo também o router (da internet e TV) e, obviamente, apago as luzes todas.

desligar o gás antes de ir para fora

Dica número 3: animais de estimação

Como tenho uma gata, tenho a vida facilitada. Se for por menos de 3 dias, deixo comida e água suficientes até ao meu regresso. Sobretudo no Verão é MUITO importante deixar MUITA água. Os animais também têm sede e também podem ficar desidratados. Se forem mais dias, peço a uma amiga ou à minha madrinha para vir ver a gata de 2 em 2 dias. Atenção, eu faço isto porque sei que a minha gata fica bem. Fui experimentando e já sei mais ou menos o tempo que ela aguenta. Para além disso, os gatos em geral odeiam viajar e sair do seu espaço, por isso seria muito pior ela ir para outra casa. Último problema, a minha gata entra em pânico cada vez que anda de carro e faz diarreia, o que não é muito agradável nem para ela, nem para quem viaja com ela.

Também deixo a gata no meu quarto. Lá ela tem comida e água. E na minha casa de banho está a areia dela. Assim, limito a zona onde ela vai estar durante o tempo que estou fora.

cuidados a ter com a gata quando estou fora

Dica extra: A minha gata tem ataques de destruição ou às vezes distrações. Por isso, evito deixar tudo o que se possa partir (copos) ou estragar (aparelhos) em cima dos móveis ou em sítios em que ela os possa atirá-los ao chão.

Dica número 4: Nos dias antes, cuidado com as compras e com a comida que se abre

Uma semana antes começar a repensar as quantidades quando vamos às compras. Por exemplo, se sei que vou para fora na terça, não vou comprar pão no Domingo, ou se comprar vou congelá-lo, porque já sei que vou comer três fatias e o resto se vai estragar. Se sei que vou estar fora uma ou duas semanas, não vou comprar uma grande quantidade de iogurtes ou ovos, etc. Também evito abrir pacotes de leite, fiambre ou queijo no dia antes de ir para fora uma semana.

Contudo, não é nada boa ideia não ter comida em casa. Nem que vão viajar por 3 meses. Existe comida, como a massa e as conservas, que têm um prazo de validade super longo. O pior que pode acontecer é voltar de uma viagem e não existir nada para comer em casa. O ideal é ter uma ou duas refeições pré-feitas ou que se façam rápido, bolachas, leite e sumos.

Dica número 5: Não entrar em pânico

A casa não vai explodir, a casa não vai inundar, a gata não vai morrer à fome. Quando vou de viagem passo algum tempo a pensar no que pode acontecer à minha rica casa, meu único poiso e lugar seguro, enquanto estiver fora. Se cumprirmos as dicas anteriores, é muito pouco provável que algo terrível aconteça. Por isso aproveitem as férias porque em breve estarão de volta a casa e isso sim, vai custar.

 

Deixe uma resposta