#17 – quando o cansaço se acumula

post 17

A última semana foi cheia de eventos, entregas, consultas e tudo mais. Já tinha começado a semana com pouca energia (porque estava cheia de alergias) e acabei-a (na bênção de finalistas) completamente de rastos. Não, não fui à semana académica, nem sequer fiz nenhuma directa, o mínimo que dormi foram 5 horas, mas a verdade é que acabei a semana no meu limite. Normalmente, costumo achar que tenho um limiar muito baixo de cansaço. Deitar-me depois das 23h é difícil e depois da 0h30 é um preditor de uma noite mal dormida e de um sono que se adivinha insuficiente. É verdade que também gosto de acordar cedo: para mim acordar depois das 9h é tarde e significa má disposição para o resto do dia. Quando não consigo descansar umas 7h30/8h por noite e começo a deitar-me com frequência depois da 0h tudo começa a descambar. Tudo pior se não conseguir dormir até mais tarde ou tirar um dia para descansar. Tudo isto se combinou na semana passada: segunda deitei-me às 3h da manhã para entregar a revisão da literatura, terça tive uma consulta de manhã; a precisar de recuperar energias tive três jantares nas noites seguintes, uma entrevista de […]

Continue Reading

#11 Porque é que apaguei o facebook do meu telemóvel?

11

Ultimamente, tenho-me apercebido que passo imenso tempo no telemóvel a fazer nada. Percebi também que embora existam aplicações bastante boas que me permitem ler, ver o tempo, meditar, enviar emails.  Outras só servem para perder tempo. Tempo passado a fazer não se sabe bem o que, daquele tempo não sai propriamente nenhum fruto, é só tempo que passa. Por isso, resolvi ir identificando quais são essas aplicações que me fazem perder tempo, mas que não me trazem nenhum ganho. Pior que me fazem perder tempo, em momentos que devia estar a fazer outras coisas. A verdade, é que ganhei o péssimo hábito de quando acordo pegar imediatamente no telemóvel antes de me levantar, o que, por vezes, significa que se passa bastante tempo de nada fazer até que me levante. E não se trata de um dolce fare niente, mas de um começar a queimar a retina logo de manhã (e o cérebro). Já tentei não pegar logo no telemóvel, mas com namorado isso é difícil. Por isso, resolvi adoptar outra estratégia, apagar as aplicações que me fazem perder tempo (e que posso na mesma usar no pc ou no tablet, mas que já não estão ali sempre disponíveis a […]

Continue Reading

#8 uma nota sobre a consistência, ou a falta dela

post #8 25 anos. 25 posts

Nos blogs, como na vida, a consistência é um aspecto fundamental. Nos blogs, como na vida, a consistência é algo difícil de atingir. Há cerca de um mês decidi que vos ia trazer um post todos os dias durante 25 dias. Tinha como objectivo escrever 25 posts (uma grande quantidade de posts) todos os dias (i. e. de uma forma consistente). Consegui? Não. Vou conseguir? Mais ou menos, os 25 posts vão ser escritos, mas vai levar mais tempo do que inicialmente previ. A consistência é algo que tem falhado e por isso decidi reflectir sobre ela. Bem, vamos voltar um pouco atrás, para que serve a consistência? Bem, somos seres humanos e gostamos de consistência, padrões e regularidade. Ainda que na realidade não exista nada de consistente nas nossas vidas e que muitos se esforcem por não ser consistentes, é inevitável a procura de consistência. Nos blogs, se os leitores souberem que sai um post todas as semanas já vão estar à espera e há uma maior probabilidade de o irem ler. Para o blogger, escrever de forma consistente, ainda que espaçada, facilita o processo criativo e a própria escrita. Torna-se um processo mais automático, que requer menos recursos cognitivos. […]

Continue Reading

Entregar a declaração do IRS em 4 passos

Sei que este é um tema que mais cedo ou mais tarde acaba por tocar a toda a gente. Por isso resolvi escrever um post onde vos explico tudo o que precisam de fazer para submeter a vossa declaração de IRS. Este ano o processo está muito facilitado, mas ainda assim podem surgir dúvidas, espero ajudar a esclarecê-las. NOTA: este artigo foca-se sobretudo no IRS para trabalhadores dependentes e pensionistas. Se és trabalhador independente (i.e., “a recibos verdes”) vais encontrar dicas úteis, incluindo alguns artigos que podes consultar para obter mais informações. Fiz pela primeira vez uma declaração de IRS em 2008, tinha 15 anos. Nessa altura, a minha mãe ensinou-me e desde então tenho-as feito sempre sozinha. Nunca foi um bicho papão. Sempre achei que era uma questão de ter tudo organizado, fazer as contas e saber onde escrever os valores. Ao longo deste processo é muito importante que guardes sempre todos os comprovativos e deves guardá-los durante 5 anos.   O que é a declaração de IRS 2016 e o Modelo 3? Basicamente a declaração de IRS é um documento que se entrega onde se declaram os valores que recebemos e algumas das despesas que tivemos. Este ano pode […]

Continue Reading

Como fazer se ficares doente e precisares de ir ao hospital?

como-ir-ao-hospital

Imagina que cais ou que estás doente e precisas de ir ao hospital? Se, como eu, vives sozinha(o) ou os teus pais não estão em casa, fica a saber que há alguns truques que podem facilitar uma ida ao hospital (neste caso, público). Não esperes por estar doente para leres isto, fica a saber tudo e quando precisares é só seguires estes passos. Até uma certa idade ia ao hospital porque alguém, normalmente a minha mãe, decidia que a minha doença era o grave o suficiente para necessitar de ser vista por um médico. Ela lá fazia o que tinha de fazer, íamos até ao hospital e voltava para casa. Em geral, parecia algo simples. E é. Mas quando se vive sozinho, é sempre diferente pensar nestas coisas. Muitas vezes, não vou ao hospital pelo simples facto que me sinto demasiado doente para me mover até lá. Com a agravante, que muitas das pessoas que encontro, especialmente no hospital de Cascais, são antipáticas e desagradáveis, despacham-nos em 5 minutos e nem sequer olham para a nossa cara. Este sábado depois de estar com uma dor no joelho há uns dias, decidi ligar para a saúde 24 e lá me disseram que tinha […]

Continue Reading

As duas melhores aplicações para me manter organizada

Olá, Olá! Hoje vou falar sobre aplicações que utilizo para organizar o dia-a-dia. Quinta-feira é dia de mais um post! Já percebi que já tenho alguns leitores regulares, o que me deixa muito feliz. Se acompanhas regularmente o meu blog, deixa um comentário abaixo, please! Isto é muito importante sobretudo nos dias como hoje, em que estou exausta e não não me apetece nada começar a escrever. Depois de uns quantos dias a dormir muito pouco, estou oficialmente exausta e pronta para o fim de semana. Infelizmente, não vai chegar tão depressa. Quando começo a escrever pesa o compromisso que tenho quando as pessoas que me acompanham. Mas mal começo a escrever sinto-me com mais energia, por isso espero que o resultado seja bom. Como sabem meto-me num número enorme de actividades e torna-se difícil, muitas vezes coordená-las a todas. Em teoria, correria tudo bem. Na prática não podemos não descansar durante 12 ou mais horas seguidas, as pessoas marcam e desmarcam as reuniões mil vezes, os professores mudam aulas, etc, etc Com tanta coisa, é difícil manter tudo organizado e não me esquecer de nada nem de ninguém. Por isso, preciso de algumas ferramentas que me ajudem a gerir o dia-a-dia. […]

Continue Reading