Descontos no Web Summit? É para a menina

Desconto para mulheres no web summit
O Web summit chegou a Portugal em 2016 e em 2017 vai voltar a repetir-se. O que muitas mulheres não sabem é que existe um desconto para mulheres no web summit.

Se não queres ler o artigo e queres ter acesso ao desconto segue este link: https://websummit.com/women-in-tech?kid=DQXJH.

Outra opção é tentarem a acreditação como imprensa (que está aberta a bloggers), mas não sei como é que isto funciona. Se entretanto descobrir explico, mas até lá, fiquem com o que já sei.

O web summit é o maior encontro do mundo na área da tecnologia, muito conhecido pelos momentos de networking entre startups, clientes e investidores, mas é também conhecido pelas conferências e momentos de partilha em tecnologia. Como seria de esperar, a grande maioria de participantes é do sexo masculino e apesar dos esforços da organização, tem sido difícil alterar essa realidade. As mulheres estão menos presentes no mundo da tecnologia e, por isso, há menos participantes deste sexo a participar no evento.

Já o ano passado gostava de ter ido, mas entre as hesitações e o não saber muito bem como ia ser a minha vida nessa altura acabei por não ir. No ano passado também tinha ouvido falar do desconto “woman in tech” , mas não percebi nada como funcionava e não pensei que fosse para mim, por isso este ano resolvi fazer um post sobre o desconto para mulheres no web summit.

A edição no ano passado

Uma das melhores palestras do ano passado

A última edição do Web Summit foi a primeira a acontecer na capital portuguesa. Toda a gente na cidade reparou na quantidade de pessoas, nos transportes sempre cheios, nos “estrangeiros” com credenciais ao pescoço e nas palavras “web summit” espalhadas por toda a cidade. Conheço algumas pessoas que foram: uns adoraram, outros nem tanto. Acho que especialmente para quem ainda está a estudar ou no início de carreira, é algo marcante. Para quem já tem alguns anos de experiência (mesmo que poucos) e não tem grandes intenções de fazer networking, não é muito útil.

O feedback geral é que houve poucos momentos de formação, i. e., palestras onde as pessoas que já trabalham na área sentissem que aprendessem ou conhecessem algo de novo e a primazia foi dada aos momentos de networking. Ou seja, para quem tem um negócio ou quer conhecer novos parceiros é uma óptima oportunidade.

As mulheres e a tecnologia

woman in tech desconto web summit
Margaret Hamilton com o software que ela e a sua equipa produziram para o projecto Apollo

Historicamente as mulheres aparecem em minoria e áreas de conhecimento que envolvem as ciências ditas “hard” ou as STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics). Existe também o estereótipo de que as mulheres são piores a matemática e menos brilhantes que os homens em geral. O resultado, é que existem percentagens baixas de mulheres a estudar e a trabalhar nestas áreas, estão em minoria nos eventos, estão em minoria nas posições de trabalho e, pior, estão em minoria nas oportunidades que estas áreas permitem.

Na última edição da Science saíram dois artigos em que se fala precisamente disto: um é o editorial da revista e reflecte sobre o escasso número de publicações por parte de mulheres (ainda que elas existam em menor percentagem na academia, ainda publicam numa menor percentagem) e o outro é um artigo sobre um estudo que concluiu que aos 6 anos, as raparigas acham que existem menos membros do seu género “mesmo, mesmo inteligentes” do que os rapazes. Sendo que aos 6 anos iniciamos a escola e a partir daí se desencadeiam todas as escolhas académicas e profissionais, acho que este estudo pode explicar muita coisa. Se calhar a promoção do Web summit deveria passar a ser para crianças (brincadeira).

Mas pronto, mesmo para quem já é mais velho, ainda vamos a tempo. No meu caso estudo psicologia (não lhe chamem soft science que de mole não tem nada) e tenho um sonho de conseguir aliar a minha paixão por matemática e o potencial que vejo nas tecnologias à Psicologia, acredito que podíamos chegar tão longe.

Woman in tech – um desconto para todas as meninas

Vamos lá ao que interessa, o que eu vos vinha mesmo contar é que existe um desconto para todas as pessoas do sexo feminino, que se considerem uma woman in tech ou não. Todas as mulheres e meninas com blogs sem querer já tropeçaram na tecnologia. Porque não procurar saber mais e expandirem horizontes. Registem-se no site para obter o desconto de 90% e se convidarem mais amigas podem ganhar alguns prémios, também. Se se inscreverem deixem aqui nos comentários. Aproveitem.

também podes gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *